Voltar ao Blog
Blog Img

Aumentar a qualificação dos colaboradores tem impactos comerciais e culturais diretos

De acordo com a PwC ,79% dos CEO´s afirmam que a falta de competências essenciais está a ameaçar o potencial crescimento das empresas. O mesmo estudo também demonstra que 46% dos CEO´s a nível global reconhecem que a qualificação é o método mais eficiente no preenchimento de lacunas ao nível das competências especialmente ligadas. Vamos analisar os impactos comerciais e culturais da qualificação:

Impacto da qualificação de colaboradores nas empresas:

Na maioria dos casos, os empregadores decidem investir na qualificação ou voltar a treinar os colaboradores para que permaneçam competitivos nos seus setores. Também existem outros impactos:

  • Manter uma força de trabalho competente. Com o avanço tecnológico, os colaboradores precisam de continuar a desenvolver as suas capacidades, para uma maior produtividade e eficiência e dominando novas tecnologias, processos e procedimentos.

  • Impulsionar a inovação. Para manter uma vantagem competitiva, a inovação é crucial. As empresas com equipas cujas competências estejam atualizadas, têm maiores hipóteses de estar na linha da frente no que toca ao desenvolvimento de novos produtos e serviços – e de ganho na participação de mercado nesse setor.

  • Aumentar a retenção. Business New Daily reportou que fornecer aos colaboradores a oportunidade para expandir as suas competências tem um papel fundamental na retenção. Colaboradores das gerações Millennials e Gen X têm maior probabilidade de sair da empresa no período de dois anos caso não tenham a oportunidade de progredir.

  • Melhorar a atração de talento. Quando uma empresa fica conhecida por melhorar as competências dos seus trabalhadores, é mais provável se torne uma empresa preferida/mais atrativa para talento de topo.

  • Planeamento de sucessão. A Forbes destaca que todas as empresas precisam de preparar sucessores para colaboradores-chave. Deste modo, se um funcionário importante sair, a sua função pode ser imediatamente preenchida por um substituto qualificado.

Impactos culturais na qualificação

Os impactos culturais da qualificação podem ser menos óbvios, mas não deixam de existir. Os locais de trabalho onde os colaboradores têm a oportunidade de crescer, têm maior probabilidade de ser criativos e inovadores. Quando os trabalhadores possuem mais competências, sejam soft ou hard skills, estão numa melhor posição para resolução de problemas. Sabendo como aproveitar a tecnologia para comunicar, podem também partilhar as suas descobertas, o que contribui para uma comunidade e promove uma cultura de partilha.

Por exemplo, a PwC investiu recentemente US$3 biliões para melhorar a qualificação da sua rede global, bem como desenvolver e partilhar tecnologias para apoiar os seus clientes. Isso resultou numa abordagem em que os colaboradores têm a autonomia para concentrar os seus esforços onde é mais necessário e desenvolver soluções inovadoras que podem beneficiar as equipas, colaboradores e clientes. Como a empresa confia nos seus colaboradores para trabalhar de forma independente, a cultura organizacional é de confiança mútua e empoderamento.

A qualificação beneficia tanto os colaboradores como os empregadores

Ao determinar quais as competências que a sua empresa necessita e ao oferecer aos seus colaboradores oportunidades de adquirir essas competências e de (mais importante) colocá-las em prática, estará a ajudar os seus colaboradores e o seu negócio a progredir.

Fontes:

https://www.businessnewsdaily.com/9389-reasons-employees-quit.html

https://www.pwc.com/gx/en/news-room/press-releases/2019/ceos-upskilling-workforce.html

https://www.forbes.com/sites/forbeshumanresourcescouncil/2018/10/02/knowledge-is-power-the-benefits-of-upskilling-for-employers-and-employees/#5fecf4de23c1

https://www.pwc.com/us/en/about-us/workforce-strategy.html

Tem alguma necessidade de força de trabalho? Preencha este formulário, a sua solicitação será encaminhada a um representante da Kelly e será rapidamente contactado para discutir as suas necessidades de contratação.