Voltar ao Blog
Blog Img

3 Competências que Permitirão que a Geração dos Millennials se Destaque como Líder

No início da década de 2010, a internet foi inundada com artigos que debatiam o papel da geração Millennial no local de trabalho. Foi argumentado benefício na contratação de Millennials e em dar-lhes a oportunidade de se destacarem em posições de liderança. Outros discordaram, afirmando que os Millennials eram muito jovens para essas responsabilidades e ainda não estavam prontos para assumir a liderança.

O mundo mudou drasticamente nos últimos 10 anos. Deixou de ser possível escrever sobre a juventude dos Millennials, porque esta geração também envelheceu, estando agora entre os trinta e e os 40 anos. Atualmente, os indivíduos mais jovens considerados Millennials têm 24 anos.

Muitos Millennials recordam-se das dificuldades que sentiram na procura de trabalho enquanto recém-licenciados. No entanto, o momento mais marcante na vida profissional de qualquer Millennial, e Geração Z, será a pandemia do Covid-19.

A forma como trabalhamos mudou significativamente, permitindo e obrigando a que os colaboradores se motivem uns aos outros sem estarem no escritório. A incerteza do Covid-19 também abriu caminho para que muitas pessoas adotassem o empreendedorismo.

Numa altura sem precedentes, os Millennials conseguiram sobreviver e prosperar, graças a determinadas competências que foram adquirindo e desenvolvendo, que os permitem ser resilientes e ágeis como líderes e empreendedores. Agora e no futuro, estas são as competências necessárias para que os Millennials se destaquem em posições de liderança.

1 – Inteligência emocional

O mundo em constante mudança tem refletido o impacto da inteligência emocional na força de trabalho durante vários anos. Existe a noção de que benchmarks tradicionais de inteligência, como um QI elevado, nem sempre são sinónimos de desempenho superior no local de trabalho. A inteligência emocional argumenta que os indivíduos que possuem quatro competências essenciais são, na verdade, mais prováveis de ter maior sucesso no seu trabalho do que aqueles que não têm inteligência emocional.

Quais são estas quatro competências emocionais?

  • Autoconsciência. A capacidade de compreender e estar ciente das emoções.

  • Autogestão. Ao compreender as suas emoções, é capaz de desenvolver as suas competências pessoais. Assim, pode direcionar o seu comportamento de forma positiva.

  • Consciência social. Além de compreender as suas próprias emoções, a consciência social permite captar as emoções dos outros. Isto ajuda-o a desenvolver competências sociais de modo a entender o que está a acontecer em qualquer circunstância/contexto.

  • Gestão de relações. As interações, desde a forma como se relaciona com clientes até à colaboração com colegas de trabalho, são melhor geridas como resultado da tomada de consciência das suas emoções e das emoções dos outros.

Ser emocionalmente inteligente dá aos Millennials em funções de liderança, a capacidade de serem mais empáticos uns com os outros, serem mais cooperativos quando há contratempos e inspirar outros a fazer melhor. O mesmo pode ser dito sobre os Millennials empreendedores.

Aqueles que possuem inteligência emocional têm tendência a procurar outros indivíduos com essa mesma competência e a contratá-los para as suas equipas.

2 – Agilidade

Possuir agilidade significa ser flexível. Os Millennials entendem que há momentos em que é necessário seguir um plano específico e outros momentos é necessário ser flexível.

Quando o inesperado acontece, como uma pandemia global, tudo muda por meio de necessidade, pois existem novas necessidades dos clientes. Não é viável agir como se nada fora do comum estivesse a acontecer. A geração de Millennials que trabalhou durante o Covid-19 provavelmente será capaz de se lembrar de pelo menos um momento em que precisou de transformar e adaptar os seus processos e metodologias existentes, para concluir com sucesso as suas tarefas.

Os Millennials passaram por grandes mudanças, por isso entendem que uma das chaves para superar os tempos incertos é abraçar a incerteza e estar disposto a agir de forma ágil.

3 – Conexão

Os Millennials dão prioridade às pessoas. Se um colega está a agir e forma incorreta ou parece deprimido, eles serão os primeiros a perceber e a oferecer ajuda. É este tipo de apoio que importa em todas as gerações. Independentemente de como será o local de trabalho no futuro e com que rapidez voltaremos a um modo de vida “normal”, o que será para sempre normalizado será o apoio, o cuidado e a preocupação com os colaboradores.