Voltar ao Blog
Blog Img

Reenergizar a sua equipa após um fracasso

​Acontece até às melhores equipas - um projeto que não avança, um potencial cliente que escolhe outro fornecedor, ou os quadros superiores não estão satisfeitos com os seus resultados. Consegue ajudar a sua equipa a recuperar de um revés?

Aceite os seus próprios sentimentos. 

Antes de poder ajudar a sua equipa, necessita de aceitar os seus próprios sentimentos acerca do revés. Está certamente desiludido - mas também pode estar cansado, surpreendido ou mesmo perturbado, dependendo do acontecimento. O que quer que esteja a sentir, aceite as suas emoções e diga a si próprio que é normal que se sinta assim. 

Compreenda a resposta da equipa e valide as suas emoções.

Os membros da sua equipa poderão estar a sentir emoções diferentes dependendo das suas contribuições individuais para o projeto. É importante compreender como eles se sentem e o motivo porque se sentem dessa forma. Ao validar as suas emoções, demonstra que se preocupa com o trabalho que fizeram e compreende o motivo porque estão desiludidos ou perturbados.

Dê espaço aos membros da sua equipa.

Segundo Amy Gallo no seu artigo na revista Harvard Business Review “Como ajudar a Sua Equipa a Recuperar de um Fracasso”, deve dar algum espaço à sua equipa para que os seus membros processem as suas emoções. De facto, emoções neutras ou negativas podem ajudá-los a analisar o revés. 

Analise objetivamente o que correu mal.

Quando sentir que todos estão prontos, reúnam-se para analisar objetivamente o que correu mal. Concentre-se apenas nos factos e diga o que correu mal sem mencionar nomes ou culpar alguém. A verdade é que trabalham em equipa, por isso vencem ou perdem em equipa.

Por exemplo, imagine que trabalha numa empresa de marketing e não vos foi atribuído um projeto após terem trabalhado numa proposta durante meses. Poderá dizer, “Não conseguimos a conta porque não examinámos opções que nos permitiriam completar o projeto mais rapidamente.”

Debatam as lições aprendidas.

Faça um resumo do que podem aprender com a experiência. Usando o mesmo exemplo anterior, poderá afirmar “Poderíamos ter sido capazes de oferecer uma linha temporal mais rápida se tivéssemos procurado um produtor para os vídeos corporativos que o cliente queria.” Nesse caso, alcançar uma linha de tempo mais rápida envolveria procurar fornecedores alternativos aos que utiliza.

Reveja os objetivos da equipa.

Tal como Brian Scudamore realça no seu artigo na Forbes intitulado “6 Formas de Motivar e Inspirar a Sua Equipa Após um Revés”, é importante conseguir motivar a sua equipa para continuar a prosseguir os seus objetivos. Esta motivação fará com que eles se sintam mais felizes e mais produtivos - e quando todos se começarem novamente a focar nos seus objetivos, observará rapidamente uma retoma no moral dos funcionários.

Comece a olhar para à frente.

Assim que a sua equipa esteja novamente motivada, debata o projeto ou projetos em que trabalhará no curto e longo prazo. Pergunte à sua equipa quais as suas ideias sobre os projetos e que ações é que os elementos da equipa acreditam que devem ser tomadas para serem bem-sucedidos.

Independentemente do quanto trabalhar e da qualidade da sua equipa, os reveses são inevitáveis. Mas com alguma paciência e as competências pessoais, poderá ajudar a sua equipa a ultrapassar as suas desilusões e dar-lhe confiança para lidar com projetos futuros desenvolvendo os seus melhores esforços - uma equipa renovada. 

Fontes:

https://hbr.org/2015/02/how-to-help-your-team-bounce-back-from-failure

https://www.forbes.com/sites/brianscudamore/2017/10/05/powerful-motivation-tactics-you-can-learn-from-historys-greatest-coaches/#7a63523843e0